A agonia que passa

Era uma noite quente, eu havia adormecido no sofá quando o telefone tocou. Acordei assustada, mal sabia eu que e a partir dali passaria imediatamente desse estado para apavorada.

Dia 06 de agosto de 2014 meu noivo sofreu um acidente bastante improvável jogando tênis. Essa notícia chegou pra mim ao telefone, pelo seu melhor amigo. Porém sem tanta intensidade, na tentativa de amenizar meu desespero.

Ele escorregou e bateu a cabeça no muro, teve hematomas indescritíveis das quais raríssimas pessoas viram com seus próprios olhos, no máximo por uma foto (no meu próprio celular, porque eu não tive coragem de repassar a imagem pra ninguém).

Me lembro nitidamente do médico afirmando, categoricamente, que ele bateu a cabeça exatamente no único lugar que poderia para que hoje ele estivesse vivo. Se isso não é um milagre, então não sei o que possa ser. Milagres acontecem todos os dias, basta você saber perceber.

Passado um ano dessa agonia, hoje ele tá bem, completou um ano de vida sem nenhuma sequela, pronto pra subir no altar comigo. Aquele 06 de agosto fica marcado como seu renascimento. Como uma nova chance. Como um recomeço.

Essas são as fotos da surpresinha que fiz pra ele, por seu um aninho de renascimento.Surpresa pro momô Surpresa pro momô

Surpresa pro momô Surpresa pro momô

Feliz aniversário, meu momô. Que esta data se repita por muitos anos, amém.

Anúncios

Algum comentário sobre o que eu disse? Me conte..

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s