Dando o PLAY em 2015

start play 2015

Já percebi que eu tenho que me conter para que meu blog não vire um exemplo de tristeza e pessimismos, pois já notei que nos momentos tristes eu normalmente me acalmo escrevendo, e consequentemente esses textos vem parar aqui. Não que eu seja em tempo integral assim. Mas é que nos momentos bons eu me encontro ocupada demais para dar uma pausa na alegria e vir compartilhar. Eu sei que esse é o propósito de quem tem um blog e se dispõe a isso. Mas eu tenho que lutar contra minha criação discreta e me forçar mais a pôr a boca no mundo. E eu vou conseguir!

Minha família sempre foi muito autossuficiente pra mim. Sempre fomos nós contra o mundo. Se a gente tivesse junto, se nossa ideia fosse aprovada dentro de casa, então o resto não importava mais. Mas é claro que isso não me fez uma pessoa completamente isolada e sem amigos. Eu tenho muito. Talvez isso que me dificulte mais a criar ânimo e ligar para um por um para contar as novidades.

Por isso fiz um blog. Amigos, se atualizem sobre mim! Estou aqui tentando justificar toda a minha ausência, a falta de frequência por aqui, e o meu distanciamento presencial momentâneo. Mas por favor, não se esqueçam de mim.

É muita coisa acontecendo. Casamento para organizar, casa pra morar, móveis pra comprar, e lógico o trabalho pra conseguir realizar tudo isso. Tenho também coordenado alguns eventos paralelamente (sim, eu sou louca, não é o momento, mas eu gosto disso. Me faz bem!). Fiz uma lista com 15 metas (até o memento) para 2015. Todas parecem tão simples e palpáveis mas ao mesmo tempo impossível de serem todas alcançadas devido a correria.

Manter meu blog ativo é um item. Eu leio e releio essa lista mil vezes por dia. Ontem eu quase abri mão dela e meu noivo danou comigo. Eu percebi que não, eu não posso fazer isso. Se em algum momento eu listei tudo isso é porque considero cada uma dessas coisas importantes para viver mais um ano maravilhosamente bem.  E lá vou eu, novamente, com minhas listas e planilha, analisando as possibilidades e probabilidades de realizar cada uma dessas metas. Talvez eu não consiga tudo, pode ser que não. Mas eu vou fazer de tudo para que o contrário aconteça. Estou aqui blogando e tenho um ano para me fazer merecedora de riscar esse item da minha lista de metas de 2015. E sigo cantando “não deixe o blog morrer, não deixe o blog acabar”.

 

Por Maísa Ávila.

Anúncios

2 comentários sobre “Dando o PLAY em 2015

Algum comentário sobre o que eu disse? Me conte..

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s